A Política de Prevenção Social à Criminalidade desenvolvida pelo Governo de Minas Gerais é um conjunto de ações inovadoras no campo da segurança pública que tem foco na intervenção direta em fatores sociais relacionados à violência e a criminalidade.

Por meio da articulação de quatro programas – Fica Vivo!, Mediação de Conflitos, Central de Acompanhamento de Alternativas Penais (Ceapa) e Programa de Inclusão Social de Egressos do Sistema Prisional (PrEsp), visa favorecer a prevenção junto a territórios mais violentos e públicos mais vulneráveis.

A Política de Prevenção Social à Criminalidade de Minas é coordenada pela Subsecretaria de Prevenção Social à Criminalidade (Supec), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

Portfólio da Política de Prevenção Social à Criminalidade

 

Centro de Prevenção à Criminalidade do bairro PTB, em Betim