Crédito - Ministério da Justiça e da Segurança Pública

Os mineiros terão sua segurança reforçada, pois o Estado, que já apresenta redução na criminalidade, vai receber R$ 2,1 milhões em bens doados pela Força Nacional de Segurança Pública (FNSP). O secretário adjunto de Segurança Pública de Minas Gerais, Alexandre Leão, esteve presente na solenidade para oficialização do repasse de equipamentos, em Brasília, nesta semana. O evento contou com a participação do vice-presidente da República, General Hamilton Mourão, e do ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro.

“O alinhamento com a política nacional é importante, que inclui essa troca e compartilhamento de conhecimentos, materiais e expertises. As forças de segurança de Minas Gerais estão dispostas a ajudar no que for preciso e estes materiais irão contribuir com o trabalho da Polícia Militar no Estado” destaca o adjunto da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de MG (Sejup), Alexandre Leão.

Entre os 93 tipos diferentes de bens doados ao Estado – que somam 25 mil unidades - estão cinco pick-ups, dois micro-ônibus, munições de diversos calibres e armas - entre espingardas, pistolas e fuzis. Minas também receberá equipamentos de proteção individual como escudos, bastões, capacetes, coturnos, coldres, luvas táticas, cotoveleiras, joelheiras, sacos de dormir, cintos, mochilas, binóculos e GPS. Só em coletes balísticos, serão recebidas 79 unidades. Os materiais devem chegar até o início da próxima semana.

A doação ocorre por meio de Convênio de Cooperação Federativa, por meio do qual os Estados cedem servidores dos órgãos de Segurança Pública para atividades no governo federal, principalmente na Força Nacional e recebem equipamentos de contrapartida. Atualmente há 28 servidores das Forças de Segurança de Minas cedidos à União (15 policiais militares, 10 policiais civis e três bombeiros).

O objetivo da iniciativa, segundo o Ministério da Justiça e da Segurança Pública, é dar transparência à gestão dos bens públicos que podem ser doados, em especial, os materiais sob a guarda e conservação da Força Nacional, que estão em depósito. De acordo com o ministro Sergio Moro, “a entrega contribuirá para o combate à criminalidade, um dos compromissos prioritários do Ministério da Justiça e Segurança Pública”.

Crédito - Gil Leonardi/Imprensa MG

O assessor institucional da Polícia Militar na Secretaria de Estado de Segurança Pública, Tenente Coronel Eugênio Valadares, reitera a importância dos itens recebidos para a Polícia Militar e afirma que “os equipamentos vão somar nas atividades operacionais preventivas e repressivas, potencializando o desempenho da PM”.

Ajuda humanitária em Moçambique

Um importante exemplo do apoio de Minas ao governo Federal aconteceu recentemente, após a passagem de ciclones em Moçambique, em março e abril deste ano, quando mais de 20 bombeiros militares, que trabalharam no resgate das vítimas do rompimento da barragem de Brumadinho, se juntaram a um grupo de mais vinte bombeiros da equipe de busca e salvamentos da Força Nacional de Segurança Pública, para atuar no resgate às vítimas dos ciclones que atingiram a região africana, deixando centenas de mortos e milhares de desabrigados.

Crédito - Corpo de Bombeiros de MG

A experiência dos bombeiros mineiros em ações de Defesa Civil foi o grande diferencial na missão para diminuir os efeitos do impacto secundário no pós-tragédia em Moçambique.

Por: Dayana Silva

Foto 01: Ministério da Justiça e da Segurança Pública

Foto 02: Gil Leonardi/Imprensa MG

Foto 03: Corpo de Bombeiros de MG

Enviar para impressão