O Sistema de Videomonitoramento (SVM) do Presídio de Manhumirim, na Zona da Mata, reforçou a segurança com a implantação de mais 16 câmeras, dois monitores e uma sala especial para o controle do equipamento. Com a ampliação, a unidade prisional passa a contar, a partir deste mês, com 24 câmeras, distribuídas em pontos estrategicamente escolhidos, incluindo área carcerária, setor administrativo, portaria e entorno da unidade.

Manhumirim 1 capa

A aquisição e a instalação dos equipamentos foram feitas por meio de verba pecuniária, no valor de R$ 12,3 mil. O Conselho da Comunidade de Lajinha teve a responsabilidade de administrar a verba. Lajinha, Espera Feliz, Mutum e Manhumirim são as sedes de quatro comarcas, compostas por 12 municípios que enviam detentos para a unidade.

Para o diretor-geral do Presídio de Manhumirim, Antônio Pataro Júnior, os equipamentos são de grande importância, pois a unidade encontra-se no centro da cidade. “O monitoramento alcança todas as áreas sensíveis e pode coibir atos ilícitos, tanto de detentos quanto de servidores, além de trazer mais segurança para a população”, garante o servidor.

Os agentes de segurança penitenciários receberam um treinamento para operar os novos equipamentos e a sala de controle contará sempre com alguém da equipe de segurança.

Texto: Bernardo Carneiro

Fotos: Divulgação/Sejusp